quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

#momentos...

É difícil perceber como o tempo passa rápido... Já não tenho mais os mesmos pensamentos de três anos atrás... Tudo se tornou tão difícil de repente. 


Acho que finalmente meus olhos estão enxergando o mundo adulto, mas não quero deixar pra trás as coisas mais divertidas da vida, como costumam fazer os adultos normais. Definitivamente não quero ser normal.
Essa é a minha ultima semana de ócio e não sei como aproveitá-la... Mas pelo menos acho que conheci bons amigos este mês. E também fiquei meio assustada com o que me disseram esses amigos... Por causa disso a minha cabeça tá meio confusa, mas certamente os meus planos não vão mudar.


Vi muitas coisas acontecerem este mês, mas até agora não tinha me dado conta da importância delas. Coisas boas e ruins. Mas enquanto aconteciam fiquei indiferente, não me dei a chance de sentir qualquer coisa que fosse. Parece que minhas antigas barreiras derrubadas três anos atrás estão se reerguendo, lentas, mas se reerguendo.

Mas hoje tive medo. Medo que alguém possa derrubar minhas barreiras outra vez com aquele perfume que consegue apagar todos os meus pensamentos, - por que sempre usam perfumes que inebriam até meu espirito? - e que de novo eu fique só com os escombros de mim mesma pra reconstruir. Sinto vergonha de não ser corajosa, sei a verdade mas não sei se consigo querer essa verdade pra mim. Me assusta.

Será que estou fazendo a coisa certa? Não vou me arrepender depois? 
Não sei. Só sei que se aceitasse a verdade, tentaria mudá-la, mas aí se tornaria uma mentira. Não tenho o poder de transformar verdades tristes em verdades alegres. Por isso minha resposta sempre será não.